Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Treina em Casa ®

Programas e treinos que podem ser executados em casa.

Treina em Casa ®

Programas e treinos que podem ser executados em casa.

22 de Maio, 2020

Dica de Sexta # 21

Atividade física é essencial para quem que perder a barriga

funiber-deporte-casa-570x350.jpg

Uma alimentação balanceada é meio caminho andado para quem quer chapar o abdômen. Mas, quando os depósitos de gordura forem exterminados, é importante que os músculos estejam fortalecidos para evitar a flacidez.

Por isso, é essencial aliar a dieta a um programa de atividade física. E acredite: para se livrar dos pneuzinhos, você não precisa passar o dia todo no ginasio, porque algumas atividades físicas podem ser feitas na sua própria casa.

Saiba quais são os exercícios mais importantes pra quem quer perder a barriga e comece hoje mesmo!

Aposte em exercícios de alto gasto calórico e localizados

Se quer perder a barriga, não tem jeito: precisa apostar nos exercícios que vão fazer você suar muito, além dos que aumentam a massa muscular, como o abdominal. Isso vai diminuir a ”capa de gordura” e ao mesmo tempo deixar o abdômen mais durinho.

Mas está enganado quem pensa que isso só é possível para quem frequenta ginásios com equipamentos de última geração. Alguns exercícios simples, que podem ser realizados em casa e não necessitam de nenhum aparelho, são capazes de fazer uma diferença enorme na sua silhueta

Saiba quais são eles:

Abdominal reto: com as costas apoiadas no chão ou num tapete flexione os dois joelhos. Mantenha os pés apoiados e coloque as mãos entrelaçadas atrás do pescoço. Suba o corpo lentamente, concentrando a força na região do abdômen. Retorne à posição inicial e repita;

Prancha: deite-se com o rosto voltado para baixo e apoie o antebraço e o cotovelo no chão. Suba o restante do corpo deixando os pés paralelos e o tronco reto. O objetivo não é realizar repetições, mas ficar o máximo de tempo possível nessa posição, usando a força do abdômen para ficar estável;

Abdominal cruzado: com as costas no chão, flexione o joelho esquerdo e coloque a mão esquerda sob a nunca. Estique o braço direito, coloque o pé direito em cima do joelho esquerdo e leve o cotovelo esquerdo na direção do joelho direito, concentrando a força no abdômen. Retorne à posição inicial e repita. Na série seguinte, é só inverter a posição dos braços e pernas;

Abdominal infra: deite-se no chão e apoie as mãos debaixo dos glúteos. Levante as pernas estendidas e flexione-as em direção ao peito. Retorne à posição original sem tocar os pés no chão e repita o movimento.

Polichinelo: fique de pé na postura ereta. Alinhe os braços ao lado do corpo e estenda os braços em cima da cabeça, enquanto pula com os joelhos levemente flexionados.

 

Faça musculação

Quando o assunto é perder a barriga, é muito comum pensar só nos exercícios aeróbicos e nos localizados para ajudar a resolver o problema. Mas a musculação também é uma excelente aliada de quem quer se livrar do que acumula  de gordura na cintura.

Isso porque grande parte dos exercícios para as pernas e glúteos acaba trabalhando a região do core, ou seja, os músculos abdominais, da área lombar, da pelvis e do quadril.

Além disso, quando você faz musculação, troca gordura por músculos, o que acelera o metabolismo. Em resumo, quanto menor for o seu percentual de gordura, mais rapidamente o seu corpo queima as calorias extras.

Por isso, investir em um treino personalizado, adequado para as suas necessidades, pode ser uma ótima maneira de perder a barriga e tonificar o corpo.

 

Capriche no Cardio

Tão importante quanto fortalecer os músculos da região é investir em exercícios aeróbicos para derreter a camada de gordura que se instalou na sua cintura e insiste em não ir embora.

Vale tudo: fazer aulas de dança, correr, pedalar, nadar. O importante é praticar atividades que promovam alto gasto calórico e deixem a região mais magra pronta para desfilar por aí de roupa de banho.

Para a semana continuamos com este tema :)

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.