Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Treina em Casa

Programas e treinos que podem ser executados em casa.

Treina em Casa

Programas e treinos que podem ser executados em casa.

Dica de Sexta # 21

Esta semana na dica de sexta vamos começar a compreender um dos maiores flagelos de quem quer ficar com um corpo em forma mas não consegue parar de comer. Chama-se compulsão alimentar.

compulsão-alimentar.jpg

 

A compulsão alimentar é considerada um distúrbio alimentar caracterizado pela ingestão exagerada de alimentos. Essa ingestão ocorre mesmo sem a presença de fome ou necessidade física do alimento. Em geral, a pessoa compulsiva perde o controle sobre o que está ingerindo e em que quantidade. Dessa forma, come alimentos em grandes quantidades num curto espaço de tempo.

 

Um indivíduo que apresenta episódios de compulsão alimentar, na grande maioria das vezes, ingere alimentos calóricos independentemente da sensação de fome.

 

Sabemos que todos exageramos na comida em algum momento da vida. Fato que ocorre mais comumente em festas de natal e final de ano. Logo, comer demais esporadicamente é considerado uma situação normal. No entanto, comer demais se tornar um transtorno quando se torna um hábito e foge do controle. A compulsão alimentar é identificada quando a pessoa passa a ser dependente da comida.

 

Quando o sujeito passa a se alimentar com maior frequência do que o necessário, mesmo não sentindo fome, um sinal vermelho deve ser aceso. Ele pode ser um compulsivo alimentar e alguns sinais podem ser observados:

 

  • A pessoa come mais rápido do que o normal;
  • Passa a comer quando não está com fome;
  • Continua comendo mesmo quando já está saciado e após ter ingerido quantidades maiores que o necessário;
  • Comer quantidades extraordinariamente grandes de alimentos em um período de tempo específico, como em um período de duas horas, por exemplo;
  • Come sozinha ou escondida das outras pessoas;
  • Fica mais introvertido;
  • Pode apresentar problemas afetivos e vícios
  • Sente-se triste ou culpado por comer demais.
  • Ficar deprimido, enojado, envergonhado, culpado ou chateado com a sua alimentação
  • Além disso, você pode sentir que seu comportamento alimentar está fora de controle;
  • Comer rapidamente durante episódios de compulsão
  • Comer tanto, até o ponto que você fica desconfortavelmente cheio
  • Fazer uma dieta frequentemente, mas sem resultados positivos. Sem perda de peso
  • Diante todos esses sintomas o que a gente pode observar é que comer compulsivamente é que promove um estado de prazer, enquanto se come. Afinal a comida é usada como um elemento para sair da dor.

 

Na próxima semana darei dicas de como tratar este distúrbio alimentar.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.