Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Treina em Casa ®

Programas e treinos que podem ser executados em casa.

Treina em Casa ®

Programas e treinos que podem ser executados em casa.

29 de Maio, 2020

Dica de Sexta # 22

5 Erros que podem estar te impedindo de perder a barriga

Erros-comuns-para-quem-busca-Perder-Peso-que-devem

 

Você tem a impressão de que faz tudo direito, cuida da alimentação e procura se exercitar regularmente mas, ainda assim, aquele pneuzinho insiste em não ir embora? Saiba o que pode estar dando errado e corrija os seus erros  agora mesmo!

 

1.Não fazer todas as refeições

A cena é sua velha conhecida: você levanta atrasado para o trabalho, e mal tem tempo de se vestir, muito menos para tomar café. Quando a hora do almoço chega, acaba devorando tudo que vê pela frente, sem conseguir montar um prato equilibrado.

Depois, fica culpado por ter comido demais, e passa a tarde toda sem comer. Vai para a faculdade e, como está faminto de novo, janta um salgado ou um pedaço de pizza.

O hábito de pular refeições acaba desencadeando episódios compulsivos e aumenta o desejo justamente por aqueles alimentos que  o deixam mais longe do seu objectivo, como massas e doces.

Por isso, procure se alimentar regularmente e evite compensar refeições pesadas e de baixo valor nutricional com períodos de jejum.

 

2.Não descansar o suficiente

Além de diminuir o seu nível de atenção e o  deixar irritado, dormir pouco eleva os níveis de cortisol, um hormônio que está ligado ao acumulo de gordura na região abdominal.

Como se isso não fosse suficiente, dormir pouco tira a sua disposição para praticar actividades físicas e aumenta a fome, especialmente por doces e carboidratos. Por isso, não abrir mão das suas horas de sono é tão importante quanto manter uma dieta equilibrada e se exercitar. Descanse bastante!

 

3.Consumir muitos produtos light e diet

Você é daqueles que, quando entra em dieta, passa no supermercado e compra tudo que tem diet e light escrito no rótulo? Então é melhor tomar cuidado. Esses produtos podem estar atrapalhando o seu objectivo mais do que  imagina.

Para ser considerado light, um alimento precisa ter algum tipo de redução: pode ser em calorias, açúcares, gorduras totais ou sódio, por exemplo. Já o termo diet se refere à ausência de algum componente específico, e não obrigatoriamente açúcar, como muitas pessoas acreditam.

Em resumo, alimentos enquadrados nessas categorias não são necessariamente saudáveis: eles podem ser isentos de açúcar, mas ricos em gorduras saturadas e farinha branca, por exemplo — que, como a gente já viu, são verdadeiros vilões para quem quer perder a barriga. Por isso, olho no rótulo e não exagere no consumo de um produto simplesmente porque ele é light ou diet.

 

4.Não ingerir a quantidade ideal de fibras

Se o seu peso está em dia e você se exercita regularmente, mas a barriguinha insiste em não te abandonar, talvez seja a hora de olhar com atenção para a sua saúde intestinal.

Quando o intestino não funciona correctamente, a tendência é que você fique inchado e, mesmo com o peso em dia, o abdómen não fica chapado como gostaria.

Para resolver o problema, aposte em uma alimentação rica em fibras. Elas agem como uma espécie de esponja e ajudam a eliminar os excessos por meio das fezes.

Entre os alimentos ricos em fibra estão a chia e a semente de linhaça (que podem ser incluída em iogurtes e saladas, por exemplo), a granola, a aveia, a couve e a abóbora. Que tal contar com esse reforço na sua dieta?

 

5.Exagerar nos abdominais

Sim, você leu certo. Há quem acredite que, se a ideia é perder a barriga, o importante é fazer o máximo possível de abdominais, o que é um erro.

Claro que o exercício é importante para tonificar a região e deve fazer parte da sua rotina de exercícios. Mas praticar 200, 500 ou mesmo 1000 repetições não vai trazer efeitos mais rapidamente.

Se o objectivo é deixar o abdómen chapado, a constância é mais importante que a intensidade. Não adianta exagerar num dia e não fazer exercício nenhum durante toda a semana seguinte.

Além de correr o risco de se lesionar, você não vê progresso e a chance de desistir aumenta. Que tal intercalar, por exemplo, uma aula de abdominal de 20 minutos com uma sessão de musculação ou uma corrida no parque? Dessa maneira, o seu treino fica mais dinâmico e você, mais motivado!

 

Como dá para ver, perder a barriga não precisa ser um sonho distante. Com algumas mudanças simples mas efectivas no seu dia a dia, é possível conquistar aquele abdómen chapado e manter a auto estima lá em cima. Não deixe para depois!

Gostou de entender melhor tudo o que você pode fazer para perder a barriga e se livrar dos incómodos pneuzinhos? Então ponha em prática 😉

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.